quinta-feira, 7 de novembro de 2013

John Greaves, Peter Blegvad, Lisa Herman - Kew. Rhone. (1977)






Quando John Greaves deixou a Henry Cow e Peter Blegvad deixou a Slapp Happy, eles lançaram este álbum que é aclamado como uma jóia perdida. De fato, os dois já tinham trabalhado juntos quando as bandas se uniram no disco Desperate Straights. O que sombreou o lançamento do disco pode ter sido o fato de ter saído no mesmo dia de Never Mind The Bollocks da Sex Pistols. Então o que a gente ouve aqui é o jazz-rock com as referências do estilo Canterbury e do movimento Rock in Opposition unindo-se ao free-jazz trazido pelo casal Bley/Mantler e pelo Andrew Cyrille, expoente do gênero. O resultado é surreal, algo que pode necessitar mais que a primeira ouvida para agradar. Além da música complexa feita pelo Greaves, é preciso uma atenção às letras do Blegvad, tratadas com erudição. Blegvad já tinha sido membro da Faust e no ano seguinte iria formar a Art Bears. Greaves seguiria o estilo Canterbury unindo-se à National Health e à Soft Heap.


John Greaves -piano, órgão, baixo, vocal, percussão
Peter Blegvad -guitarra, sax tenôr, vocal
Lisa Herman -vocal
com:
Mike Mantler -trompete, trombone
Carla Bley -vocals, sax tenor (1, 7)
Andrew Cyrille (Air) -bateria, percussão
Michael Levine -violino, viola, vocal (9)
Vito Rendace -sax alto e tenor
April Lang -vocal (5, 8)
Dana Johnson -vocals (2)
Boris Kinberg -claves (barretes de madeira percutidos) (5)

1  Good Evening
2  Twenty-Two Proverbs
3  Seven Scenes From The Painting
4  Kew Rhone
5  Pipeline
6  Catalogue Of Fifteen Objects & Their Titles
7  One Footnote (to Kew Rh?ne)
8  Three Tenses Onanism
9  Nine Mineral Emblems
10 Apricot
11 Gegenstand

Um comentário:

Marcelo disse...

http://www.mediafire.com/?dmaa3a8da79tekr