quarta-feira, 9 de março de 2016

Armageddon - Armageddon (1975)







Armageddon foi o último trabalho de Keith Relf, algo bem diferente do que tinha feito antes. A banda, a grosso modo, foi uma mistura da Steamhammer e da Renaissance. Pugh e Cennamo foram companheiros na primeira e Relf e Cennamo na segunda. O peixe fora d'água aí é o Bobby Caldwell que antes foi baterista de Johnny Winter e depois integrou a Captain Beyond. A Armageddon foi formada nos Estados Unidos mas acabou gravando esse único disco em Londres, no Olympic Studios em maio de 1975. Ela fundiu muito bem o hard-rock ao rock progressivo. As faixas são longas e divididas em suítes, o que dá bastante espaço ao guitarrista Martin Pugh para exibir suas habilidades. A seção rítmica também não deixa por menos. O álbum foi muito bem recebido pela crítica e pelo público, apesar da banda ter feito umas poucas apresentações ao vivo. Isso se deveu a saúde frágil de Relf e ao abuso de certas substâncias também. Em pouco tempo eles se separaram. Keith Relf estava trabalhando para reunir a primeira formação da Renaissance numa nova banda a se chamar Illusion, mas faleceu tragicamente antes de concretizar totalmente o projeto. Ele estava no porão da sua casa onde tinha um estúdio, e foi eletrocutado por uma guitarra sem aterramento. Correu uma versão de que estaria com a guitarra numa banheira, mas era fofoca. Relf deixou uma única música pronta para a Illusion. Armageddon é um álbum atemporal e essencial.




Keith Relf - vocal, harmônica
Martin Pugh - guitarra, violão
Louis Cennamo - baixo
Bobby Caldwell - bateria, percussão, piano, vocal




1 Buzzard
2 Silver Tightrope
3 Paths and Planes and Future Gains
4 Last Stand Before
5 Basking in the White of the Midnight Sun

2 comentários:

Marcelo disse...

https://mega.nz/#!QUBXQRLJ!Dhh0HU_AEMhEzQAe6HvxkYYF90K1TFOuMl4zdMgObbk

bobbysu disse...

thank you very much