sexta-feira, 1 de abril de 2016

Phideaux - Doomsday Afternoon (2007)







Phideaux é uma banda californiana de rock progressivo e sinfônico formada em 1996. Esse é o sexto disco dela e o ponto alto de uma evolução contínua desde o primeiro lançamento. Ela mistura elementos de várias das grandes e clássicas bandas prog mas é preciso prestar atenção para perceber isso, e aí é que é legal. Doomsday Afternoon é o segundo álbum de uma trilogia sobre os problemas ecológicos e sobre a questão do Estado vigilante, o tal Big Brother de Orwell que tanto rende. As melodias são muito boas e os arranjos são refinados, com vários interlúdios. Os músicos das partes orquestradas são todos membros da Filarmônica de Los Angeles.




Phideaux Xavier - piano, guitarra, vocal
Rich Hutchins - bateria
Ariel Farber - violino, vocal
Valerie Gracious - piano, vocal
Mathew Kennedy - baixo
Gabriel Moffat - lap steel
Linda Ruttan Moldawsky - vocal
Molly Ruttan - vocal
Mark Sherkus - teclados

com:
Steve Daudin - flauta (9)
Rob Martino - flauta (3)
Johnny Unicorn - órgão, Moog Voyager, vocal (3, 10)
Joel Weinstein - guitarra solo (10)

orquestra:
Paul Rudolph - regente
Mark Baranov - violino
Bing Wang - violino
Richard Elegino - viola
Jerry Epstein - viola
Dale Silverman - viola
Elizabeth Wilson - viola
Stefanie Fife - cello
Barry Gold - cello
Jason Lippman - cello
Dennis Trembly - contrabaixo
Brian Drake - trompa francêsa
Bruce Hudson - trompa francêsa
Boyde Hood - trompete
James Wilt - trompete
Chris Bleth - flauta, oboé, clarineta





Act One: 
1   Micro Softdeathstar
2   The Doctrine of Eternal Ice, Part One
3   Candybrain 
4   Crumble 
5   The Doctrine of Eternal Ice, Part Two 

Act Two: 
6   Thank You For The Evil 
7   A Wasteland Of Memories 
8   Crumble
9   Formaldehyde 
10 Microdeath Softstar 


2 comentários:

Marcelo disse...

https://mega.nz/#!Xx5VCSYT!dn-H0R41stuT7-kt8YB5ck0i2POniLJvjfC8Q1LF1hg

Alexandre S. Andrade disse...

Bacana demais!