segunda-feira, 22 de agosto de 2016

Blind Willie McTell - Last Session (1992)







... But nobody can sing the blues

Like Blind Willie McTell




Assim diz a letra da música de Bob Dylan, uma música perdida no meio da discografia, que ficou fora do disco Infidels, mas que ficou soberba na guitarra de Mick Taylor. 

Blind Willie McTell nasceu na Georgia em 1901 e não se sabe ao certo se ele nasceu cego ou se tornou-se assim em algum momento. Seja como for, seu desafio físico não foi tão grande quanto sua vontade de se tornar um mestre do blues. Ele frequentou várias escolas especiais, aprendeu Braille, aprendeu os rudimentos do violão com a mãe e praticou muito. Quando sua mãe morreu ele pegou a estrada. McTell pertenceu à primeira geração de músicos que foram gravados, então é difícil descobrir quais foram suas influências, e elas não foram só de blues. O fato é que enquanto Son House e Chaley Patton estavam moldando o blues do Delta e Blind Lemon Jefferson fazia o mesmo para o blues do Texas, McTell criou o blues regional de Atlanta. 
McTell era um dedilhador virtuoso e um cantor com voz e estilo bastante peculiar, além de um compositor talentoso. Ele foi um inovador no violão de 12 cordas e seu estilo incorporava certos traços que ainda viriam a ser conhecidos no rock. Portanto, ele é reconhecido como um dos pais do Southern Rock, um cara que indicou a direção para a Allman Brothers, Lynyrd Skynyrd, Molly Hatchet e tantas outras que emergiram nos anos 60. 
McTell gravou para diversas companhias e era uma celebridade regional, porém lhe faltou aquele hit que o levasse a ser conhecido no resto do país. Assim, ele foi-se apagando do cenário. Aliás, esse hit nacional acabou vindo através da Allman Brothers, que gravou sua Statesboro Blues, que virou música obrigatória em seus concertos.
Blind Willie McTell faleceu em 19 de agosto de 1959. Alguns anos antes ele gravou essas faixas para uma loja de discos que tinha o hábito de oferecer um pequeno estúdio para músicos locais, no intuito de lançá-los ao mercado. Ele iria fazer aos poucos, sem pressa e sem público, mas depois de um pouco de bourbon ele mandou ver, pra sorte de quem estava lá para ouvir.




Blind Willie McTell - vocal, violão de 12 cordas



1   Baby It Must Be Love
2   The Dyin' Crapshooter's Blues
3   Don't Forget It
4   Kill It Kid
5   That Will Never Happen No More
6   Goodbye Blues
7   Salty Dog
8   Early Life
9   Beedle Um Bum
10 A Married Man's A Fool
11 A To Z Blues
12 Wabash Cannonball
13 Pal Of Mine
14 Kill It Kid

15 Broke Down Engine Blues

2 comentários:

Marcelo disse...

http://www.mediafire.com/download/5i473377qsvbjtb/BliWilMcLast.zip

Alexandre S. Andrade disse...

Sou fã...