sexta-feira, 2 de setembro de 2016

Quicksilver Messenger Service - Happy Trails (1969)







Embora menos conhecida, a Quicksilver foi uma das estrelas do acid-rock ao lado da Big Brother and the Holding Company, da Grateful Dead e da Jefferson Airplane. Ela surgiu em São Francisco e na sua primeira formação contava com o vocalista e guitarrista Dino Valente e o também guitarrista Skip Spence, da Moby Grape. Valente foi preso por uso de drogas e Spence foi para a Jefferson Airplane. John Cipollina e David Freiberg convidaram Gary Duncan e Greg Ellmore que eram de uma banda chamada The Brogues e, pronto, estava formada uma das melhores jam bands. A Quicksilver ganhou fama pelas apresentações ao vivo e, especialmente, pelas performances de Cipollina e Freiberg. Happy Trails é o segundo disco dela e foi gravado justamente ao vivo, nos festivais Fillmore East e West. Não se sabe exatamente o que foi gravado em qual, porém parece um disco "ao vivo no estúdio" por conta dos overdubs que recebeu. O disco é centrado em duas músicas de Bo Diddley e a faixa título, imaginem só, é um sucesso do cowboy Roy Rogers totalmente repaginado e lisergicamente executado. É uma viagem ácida. O cowboy partindo, deixando tudo que ama para trás... Parece a história do engenheiro brasileiro que se sente como um filho de bêbado em relação ao seu país: O ama mas não suporta vê-lo assim, e parte. Torço muito por caminhos melhores para todos nós. Ao menos a Bolsa subiu.




Gary Duncan - guitarra, vocal
John Cipollina - guitarra, vocal
David Freiberg - baixo, vocal
Greg Ellmore - bateria




1   Who Do You Love, part 1 (Bo Diddley)
2   When You Love
3   Where You Love
4   How You Love
5   Which Do You Love
6   Who Do You Love, part 2
7   Mona (Bo Diddley)
8   Maiden Of The Cancer Moon
9   Calvary
10 Happy Trails

2 comentários:

Marcelo disse...

https://mega.nz/#!fhQRDKoR!yEaraKnao_C7KI5ql6xQaNtgv_IizJrv1EwiiNkXXaU

Certifiablockhead disse...

an old fave...it was only yesterday...

muchas gracias...