sábado, 10 de setembro de 2016

Widespread Panic - Don't Tell The Band (2001)







Não há banda semelhante à Widespread Panic e muito poucas cobrem tanto terreno quanto ela, tanto musical quanto geograficamente falando. E essa vastidão às vezes está numa única música. Ela é um fenômeno no seu país pois mesmo sem ter um contrato com uma major e mesmo sem aparecer na mídia, ela lota seus concertos e arrasta uma legião de fãs onde quer que vá. Unanimemente diz-se por lá que ela é uma banda que tem que ser curtida ao vivo — imagine que há uma versão da faixa 1 desse disco com 30 minutos de improvisações. Os dois primeiros discos de estúdio da WP foram primorosos. Para os seguintes ela incorporou mais membros e a coisa meio que entrou numa fôrma; muito legal, mas sempre mais do mesmo. Don't Tell The Band é o sétimo disco de estúdio e é diferente. Michael Houser vinha lutando contra um câncer no pâncreas e todos sabiam que ele não conseguiria. Então eles aproveitaram que estavam num selo novo, o Sanctuary, e deixaram a coisa rolar. O resultado é que não há uma faixa fraca aqui, e aí eu sugiro que se deixe a faixa 1 para o fim porque Little Lilly é que é muito legal. Houser de fato faleceu no ano seguinte e sua família pediu que a banda continuasse.




John Bell - vocal, guitarra
Michael Houser - guitarra, vocal
John Hermann - teclados, vocal
David Schools - baixo, vocal
Todd Nance - bateria, vocal
Domingo S. Ortiz - percussão
com
Randall Bramblett - sax tenor (5)
John Keane - pedal steel (4), ruídos na guitarra (9)




1   Little Lilly
2   Give
3   Imitation Leather Shoes
4   This Part Of Town
5   Sometimes
6   Thought Sausage
7   Down
8   Big Wooly Mammoth / Tears Of A Woman
9   Casa Del Grillo
10 Old Joe
11 Action Man
12 Don't Tell The Band

3 comentários:

Marcelo disse...

https://mega.nz/#!GgYUkD4A!THfxbkBJsmSX9V6MNLzI39lCpaHwvlFMLWXtZGANArw

https://mega.nz/#!Xp4WhDYa!W7vN3NTn8-r94wOGOFbdCziejtSOIbhmrVIw4lhugSM

arte
https://mega.nz/#!ywZwBaiC!_rotXekednXl77ShJBaoZCFsv2Nrr5ENS2VWKgPQ-fA

Alexandre S. Andrade disse...

Curto muito e esse disco é sensacional!!!

Marcelo disse...

Brigado pela força.