terça-feira, 10 de julho de 2018

Cos - Viva Boma (1976)







Outra excelente banda belga, a Cos foi formada por Daniel Schell e sua esposa Pascale Son. Ela fez seu Jazz-rock inspirado em bandas como a Magma e a Zao, mas adicionou um forte acento da cena Canterbury pela influência da Hatfield And The North e da Caravan. 
Esse é o segundo disco dela e é uma evolução. Isso se deve a entrada do tecladista Marc Hollander que gostava de fundir música árabe às excentricidades da Henry Cow. Pascale Son é sempre um destaque — ela faz contorcionismos com sua bela voz e raramente emite algo além de fonemas.
Esse disco foi produzido por Marc Moulin da Placebo e ele também toca um sintetizador.





Daniel Schell - guitarra, violão, flauta alto, efeitos
Marc Hollander - teclaos, clarinete baixo, efeitos
Pascale Son - vocal, oboé
Alain Goutier - baixo
Guy Lonneux - bateria

com
Jean-Louis Haesevoets - percussão (2)
Pipou - percussão (2)
Bob Dartsch - percussão, bateria
Marc Moulin - Mini-Moog (5, 8)
Marc Hollander - sax alto (9)
Roger Wollaert - bateria (10)
Jacky Mauer - bateria (12)
Wily Masy - bateria (12)
Denis Van Hecke - cello (8)





1   Perhaps Next Record
2   Viva Boma (Document Ramene De Koekelberg)
3   Nog Verder
4   Boehme
5   Flamboya
6   In Lulu
7   L'Idiot Leon
8   Ixelles
9   Mon Rebis (Previously Unreleased)
10 Reine De La Valee (Previously Unreleased)
11 Nog Verder (Demo Version)
12 Fanfan La Tulipe (Vocal Improvisation)

Um comentário:

Marcelo disse...

http://www.mediafire.com/file/t5ou95b14o8iwyc/CosViva.zip